Ensaio Pessoal Parque Witeck

Rosemara Israel

 A Rosemara compartilhou algumas fotografias do nosso ensaio e escreveu “Quem me conhece um pouco melhor e conhece a minha história, sabe o quão difícil e dolorido foi fazer isso e acreditem este ensaio não tem nada de vaidade e sim tem como propósito resgatar a minha autoestima perdida no enfrentamento de 12 anos de depressão. É como um novo renascer pra vida e foi a forma que encontrei de comemorar meus 45 anos (feito em junho) e 30 anos de trabalho completados em meio a essa pandemia. Ah... e é bem verdade que não tenho mais 15 anos, mas tenho 15×3 o que é muito melhor.” 

Essas palavras da Rosemara valem mais do que qualquer outra coisa que eu possa escrever aqui. Ela se permitiu viver a fotografia e foi uma troca de experiências incrível.